19 de abr de 2011

Onze mil pessoas extravasam com Cláudia Leitte

Um espetáculo à parte. Sem perder o pique, Cláudia Leitte ferveu, pulou, brincou e emocionou os visitantes da 13ª Festa do Mar no palco principal de shows. Misturando sucessos atuais da carreira com hits da época em que comandava o Babado Novo, e também de outros artistas, a cantora baiana fez uma apresentação memorável, com quase duas horas de duração. Segundo as três produtoras responsáveis pelos shows da 13ª Festa do Mar, Conexão VPI, RM Produções e a K&G Eventos e Produções, a cantora levantou um público superior a 11 mil pessoas.

Para conter a ansiedade do público, antes da entrada do furacão baiano, a animação ficou por conta de DJ Jipp e o Anão Boy, que provocaram a galera, tocando grandes hits do momento. Em seguida, às 11h15min, Cláudia Leitte subiu ao palco de máscara – em alusão ao nome do show “As Máscaras” – e com um figurino inspirado no carnaval baiano, em tom alaranjado. Já no final da primeira música, o público mostrava que estava totalmente entregue aos encantos da artista. “Estava com saudade de toda essa gauchada. Sei que choveu quase o dia inteiro e isso sempre faz com que todos fiquem apreensivos, naquela expectativa, será que ela vem ou não vem? Bem, aqui estou e agora quero sentir a energia de vocês!”, dirigiu-se ela ao público.

Os singles de Shakira – Loca – e de Black Eyed Peas, também foram cantados pela cantora, que foi muito elogiada pela sua bela forma física, já notável pela mídia depois do quarto mês do nascimento do primeiro filho, Davi. “Quando cheguei ao aeroporto, falaram que aqui estava 16 graus. Pensei, gente que frio! Mas, em seguida, lembrei de todo o calor gaúcho que sempre encontro aqui”, saudou a cantora, tirando gritos de seu animado público.

Autentica, a cantora surpreendeu o público: “Gente, que cheiro é esse? Vamos fazer de conta que é a maresia”, brincou ela ao se referir ao cheiro de peixe da Laguna dos Patos, somados ao da anchova assada na brasa que vinha da 13ª Festa do Mar. Acompanhada por seis bailarinos, o show transcorreu até por volta de 00h50min. Entre os sucessos da cantora, o hit do carnaval 2011, Água, seguido por, “Don Juan”, “Pensando em Você”, “Liga da Justiça”, “Beijar na Boca”, entre muitos ouros.

Bastidores

Antes de entrar no palco, a cantora acolheu carinhosamente em seu camarim vencedores de promoções de rádios da cidade e também algumas pessoas de seus fãs clubes, espalhados pelo sul do Estado. Entre os jovens, estava a pelotense Catherine Peres, de 14 anos. “Esperei muito por esse momento. Quero tocá-la, sentir o seu cheiro, beijá-la muito”, falou a jovem, antes de entrar e entregar para Claudinha, uma caixa com doces de Pelotas.

Poucos foram os veículos de comunicação que entraram em contato direto com a artista. Eles foram selecionados por sua assessora pessoal, que antes do encontro, ainda os orientou: “Duas perguntas por veículo e nada de perguntas sobre sua vida pessoal, por favor!”.

Em contato com a artista, a assessoria de comunicação da 13ª Festa do Mar lhe fez um único pedido: “Por favor, escreva uma mensagem para seu público em Rio Grande”. A cantora pegou um de seus postais, escreveu o carinhoso recado e autografou. “À galera de Rio Grande, meu amor e meu sincero agradecimento – Cláudia Leitte”. O bilhete você confere na galeria de imagens desta matéria.

Ainda pelos camarins, conversamos com o baiano Valteci dos Santos, 33 anos, mais conhecido como Robô. Há dez anos, ele trabalha na equipe de produção da cantora e nos contou que é responsável pela montagem do cenário e demais estruturas do palco. Quando o encontramos, Robô estava descansado, esticado no sofá depois de duas horas de intenso trabalho.

“Nosso foco é nos detalhes. Cláudia é muito exigente e sempre se preocupa para que não haja falhas”, comentou Valteci. Segundo o baiano, são necessárias mais de duas horas de trabalho até que palco, instrumentos e som estejam afinados e em perfeita sintonia. “No total, a nossa equipe é composta por oito pessoas e somando tudo, são mais de cinco horas de trabalho”, sintetizou Robô.

Em casa

Antes de encerrar o show, a cantora reconheceu o carinho de seu público. “Toda essa energia fez com que me sentisse em casa. Muito obrigada e que Deus dê em dobro tudo isso a vocês”, agradeceu Claudinha, que ainda cantou Extravasa e depois de ouvir dos fãs o já aguardado bis, retornou ao som de “Famo$a (Billionaire)”, para delírio de seus fãs.

Confira as fotos:


Clique nas fotos para visualizá-las em tamanho maior
Fonte: Jornal Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário