24 de set de 2011

New York Times diz que Claudia Leitte é a melhor revelação do Rock in Rio


O principal crítico de música popular do “New York Times” classificou Claudia Leitte como a mais pura essência da vanguarda pós-tropicalista neo-baiana. Segundo Jon Pareles ela sincretiza o profano e o sagrado em suas linhas melódicas e traz ao palco espetáculos que são verdadeiras odes a Apolo, tido pela mitologia grega como o Deus da música.

O texto publicado no site do diário “The New York Times” é um tapa com luva de pelica que Claudia Leitte dá nos usuários das redes sociais brasileiras que ontem a apelidavam de Claudiarréia. Enquanto os brasileiros faziam piadas e trocadilhos um dos maiores críticos de arte do mundo mergulhava a fundo na obra da cantora.

Pareles chegou a dizer que a musicalidade de Claudia Leitte transitava “entre as polaridades de Eros e Thanatos, extasiando o expectador sensível a expressão corporal e musical de uma cantora que canta não só com a voz”. De fato no show de ontem Claudia Leitte esbanjava boa forma e capacidade aeróbica. Dançou e cantou e não recorreu a dublagem como algumas artistas fizeram na mesma noite do Rock in Rio.

No tocante ao repertório Pareles disse que ela ‘foi ousada e inteligente. Superou em muito as outras cantoras daquela noite. Enquanto balzaquianas usavam o refrão para exaltar uma adolescência tardia, ela exaltou as belezas e os mistérios do mausoléu de Taj Mahal”. O maior elogio no entanto coube a canção Exttravasa que para ele “é a mais bela poesia musical sobre o autruísmo e a ousadia”.

Pareles classificou a versão de D’yer Maker como um ato poético de beleza indescritível, chegando a mencionar seu pesar por Robert Plant não poder compartilhar aquele momento orgástico da performance de Claudia Leitte.

Claudia Leitte foi indicada por ele ao prefeito de Nova Iorque para cantar no réveillon mais famoso do mundo. O prefeito Michael Bloomberg afirmou que seria uma honra para os americanos ter um pouco da energia da cantora. Pelo visto a voz do povo não é a voz de Deus. Pelo menos a voz do povo brasileiro…
Claudia Leitte em momento orgástico segundo avaliação do crítico do New York Times

4 comentários:

  1. Isso é fake! Não existe essa matéria no New York Times. Foi notícia plantada por um site de humor, e o desespero é tão grande por sucesso internacional que vale até acreditar em mentirinhas. Huahauahauahau.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo27/9/11

    kkkkk....acreditam em cada coisa hoje em dia... Só faltava essa...kkkk

    NOTÍCIA FAZE DE SITE DE HUMOR!!!

    pelo amor de deus, a tal versão de dyer maker é um crime hediondo, pra dizer o mínimo! ouçam qualquer arroto que o robert plant já deu na vida que você vai perceber a qualidade infinitamente superior de letra e melodia.

    ResponderExcluir
  3. Daniel Bruno30/9/11

    Cadê o link da notícia?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo18/1/12

    ela e a mellhor de todos os tempos podem falarem o que quiserem ,ta pra nasce uma cantora como ela,claudinha a mellhor do brasil.

    ResponderExcluir