16 de set de 2010

Começa a contagem regressiva para o grande show de Claudia Leitte em Curitiba

Rio, São Paulo, Fortaleza, Recife e Belo Horizonte já viram e aplaudiram o espetáculo Rhytmos, a nova turnê de Claudia Leitte. Agora começa a contagem regressiva para que o público paranaense também conheça o show que acontece no próximo dia 15 de outubro, no Expotrade, rua deputado João Leopoldo Jacomel, 10454, em Curitiba. Ele encarna o novo momento da musa baiana, que nasceu nos berço do axé, mas hoje navega no pop sem fronteiras. E leva ao palco uma combinação de performances e tecnologia de tirar o fôlego, muita cênica, seis trocas de figurino e até recursos de ilusionismo. Tudo inspirado no álbum ‘As Máscaras’, que chegou em julho às lojas de todo o país e já é um dos mais vendidos.

E o evento promete. Claudia está empolgada. A turnê Rhytmos agrega uma proposta nova, desde o cenário, passando pelo figurino, o corpo de baile e casting a revelar uma Claudia Leitte que ousa experimentar, recorrendo a um repertório regado de muito Axé, Pop, Rock, R&B, Hip Hop e mais uma enorme gama de ritmos e gêneros, envolta em muito swing e um batuque para lá de moderno.
- Trabalhamos muito para produzir este espetáculo. Nossa proposta era fazer mais quem um show. Algo moderno, dinâmico, impactante. Difícil não foi conceber o projeto. Difícil foi torná-lo real rsrs. Trabalhamos muito. Foram meses de ensaios exaustivos e uma equipe enorme pra montar cada parte do espetáculo que idealizamos. Da primeira a última música nem o publico e nem nós paramos sequer pra respirar rsrsrs. – diz Claudia toda empolgada.
Será com o glamour de Famo$a, primeiro hit a estourar do CD “As Máscaras”, que Claudia Leitte pisará ao palco no dia 15 de outubro em Curitiba, noite que terá ainda como atrações Rato Acústico, a partir das 22,30 horas e Jeann & Julio, às 2 da manhã. Claudia e sua equipe estão cuidando de cada detalhe e o espetáculo reserva muita emoção. Em termos de musicalidade, a nova turnê leva ao palco um desfile pelo melhor da música brasileira, com parada obrigatória no verdadeiro carnaval baiano, com o melhor do axé de Exttravasa, Beijar na Boca e outros hits contagiantes da maior festa popular do planeta.
Feliz com a oportunidade de rever o público paranaenses, Claudia aproveita para comemorar o sucesso do seu hit Famo$a, que ganhou as rádios de todo país, encantando os fãs. E é a própria Claudia Leitte que explica esse meteórico fenômeno.
- Estava de férias na Califórnia quando escutei Billionaire, de Travie McCoy. Foi paixão imediata. Daí adaptei à nossa realidade… Fiz uma versão que fala de amor, de querer amar, de ser famoso, estar nas capas de revistas, colocar vídeos no YouTube. Quis mostrar uma coisa mais caricata da fama… e parece que o resultado deu certo.
Da emoção de rever os fãs paranenses, ela fala cheia de alegria:
- Meus fãs são a parte mais importante do meu trabalho. Eles me direcionam no que faço. Tudo que faço é por eles e não há limite no meu amor por eles.

A turnê tem por refereência o novo CD que já é um dos três mais vendidos do mercado fonográfico nacional, agora puxado também pelo hit ‘Don Juan’, cantado em parceria com Belo. Entre suas faixas inéditas, sucessos como ‘Trilhos Fortes’, ‘Negou o Nagô’, ‘Sincera’, ‘Flores da Favela’, ‘Água’, ‘Xô Pirua’, ‘Faz Um’ e ‘As Máscaras’.

- Quis fazer um show que abraçasse todos os ritmos. Daí surgiu o nome da turnê, Rhytmos, que em grego, tem a mesma leitura, mesma sonoridade e o mesmo significado do aportuguesado ritmos. Sempre cantei de tudo. Pra mim, música não tem rótulo, precisa ter verdade e me tocar. Se isso acontecer, eu levo a canção comigo. Esse disco foi produzido minuciosamente. Ele tem uma qualidade técnica absurda – revela.
Mas para os saudosistas que acompanham a musa baiana desde o começo de sua carreira, curtindo seus antigos sucessos, a musa reserva espaço também para um revival de peso em seu show com antigos sucessos como ‘Bola de Sabão’, ‘Exttravasa’, ‘A Camisa e o Botão’, ‘Pássaros’, ‘No Carnaval de Salvador’, ‘Beijar na Boca’ e ‘Quem é de Fé Balança’. E justamente por estar a completar 10 anos de carreira, a musa traz em seu show um passeio por sua trajetória artística.
- Sempre fui adepta a novidades. Comecei a ter respostas do meu trabalho desde menina, dos tempos do Babado Novo. Daí, fui amadurecendo, as coisas foram acontecendo, fui ficando mais segura, mais vaidosa e minha feminilidade se acentuando. Sempre gostei de gravar coisas diferentes. Graças a Deus, é minha essência. E neste trabalho estou ainda mais expansiva. Ouso sem medo. Sei o que quero e o que busco. Estou mais desnudada nesse disco e nessa nova turnê – diz Claudia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário